remuneração de R$ 5 mil

Processo seletivo IEMA ES tem oportunidades para profissionais de nível superior em diferentes áreas. Veja como participar.

Estão sendo oferecidas 14 vagas imediatas de nível superior pelo processo seletivo IEMA ES (Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo). O edital n° 01/2021 prevê contratações temporárias, bem como formação de cadastro reserva.

Vale ressaltar que, dentro do total ofertado, já estão reservadas vagas para pessoas com deficiência (PcD) e candidatos negros. A validade da seleção será de 36 meses.

Processo seletivo IEMA ES: vagas e requisitos

Os contratados irão trabalhar em jornadas de 40 horas semanais e a remuneração oferecida é de R$ 5.416,56 mais auxílio-alimentação de R$ 300,00. O processo seletivo IEMA ES define como requisitos gerais ter experiência de 12 meses na área pleiteada, CNH B, disponibilidade para viajar e registro no Conselho de Classe profissional. Os cargos oferecidos são:

  • Agente de Desenvolvimento Ambiental e Recursos Hídricos: 11 vagas de nível superior em Engenharia Química, Biologia, Engenharia Florestal, Engenharia Ambiental, Geologia ou Química;
  • Tecnólogo em Saneamento Ambiental: 2 vagas de nível superior em Tecnologia em Saneamento Ambiental;
  • Analista de Suporte em Desenvolvimento Ambiental e Recursos Hídricos: 1 vaga de nível superior em Administração.

Processo seletivo IEMA ES: faça sua inscrição

As inscrição deverá ser feita por meio do site do sistema de seleções (onde está localizado o edital) do estado no período de 22 de julho até 01 de agosto de 2021. O edital do processo seletivo IEMA ES não prevê cobrança de taxa para participação.

Qualquer dúvida ou problema em relação ao certame, entre em contato com o sistema de seleção pelo telefone (27) 3636-2561 ou pelo e-mail [email protected]

Processo seletivo IEMA ES: classificação dos candidatos

Todos os inscritos serão submetidos a uma prova de títulos e o processo seletivo IEMA ES irá considerar os seguintes critérios de pontuação:

  • Doutorado na área que concorre: 3 pontos;
  • Mestrado na área que concorre: 2 pontos;
  • Especialização na área que concorre: 1 ponto;
  • Exercício de atividade profissional na área ambiental na Administração Pública e/ou na iniciativa privada, na área do cargo pleiteado: 0,25 ponto por mês completo trabalhado, somando até 17 pontos;
  • Exercício de atividade profissional diretamente relacionada com desastres ambientais, especificamente com impacto em recursos hídricos, no cargo pleiteado: 0,60 ponto por mês completo trabalhado, somando até 40,8 pontos.

Compartilhe

VEJA MATÉRIA ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.